Blog

Padrões Dr. Ehrenstorfer para testes de micotoxinas

Padrões Dr. Ehrenstorfer para testes de micotoxinas

Padrões Dr. Ehrenstorfer para testes de micotoxinas tem sido usados em pesquisas para detectar a contaminação de fungos em alimentos tais como ovos e grãos. Um estudo realizado em 2019 publicado pelo Dr. Abdul-Shaheed et al publicado no International Journal of Poultry Science, demonstrou que ente 88% e 94% dos ovos testados no Iraque estavam contaminados com as micotoxinas zearalenona e fumonisina.

Mas o que são Micotoxinas? 

As micotoxinas são substâncias químicas tóxicas produzidas por fungos. Na sua ação de decomposição dos alimentos, os fungos são capazes de produzir metabólitos secundários, não essenciais para sua manutenção primária, mas capazes de atingir outras espécies. Esses compostos, denominados genericamente micotoxinas, conferem aos fungos uma vantagem competitiva sobre outros fungos e sobre bactérias presentes no ambiente. Quase todas são citotóxicas, resultando na ruptura de membranas celulares e outras estruturas, ou interferindo em processos vitais como síntese proteica e de RNA ou DNA.

São estas substâncias que conferem importância aos fungos do ponto de vista toxicológico. São muito estáveis ao calor (resistem a temperaturas da ordem dos 270 °C), mas são sensíveis à radiação U.V. Suas propriedades tóxicas podem ser agudas (podendo ser identificados efeitos como gastroenterites), subagudas ou crônicas. Os efeitos crônicos podem ser difíceis de determinação, visto geralmente exigirem a ingestão moderada ao longo de períodos de tempo. Distinguem-se as micotoxinas:

  • Zootóxicas: tóxicas para animais.
  • Fitotóxicas: tóxicas para plantas.
  • Antibióticos: tóxicos para bactérias.

O resultado da pesquisa deo Dr. Abdul-Shaheed et al é oposto ao de um estudo de 2016 realizado na Coréia, em que nenhum dos ovos testados estava contaminado. No primeiro estudo observou-se que as galinhas poedeiras têm um longo período de criação, durante o qual estão em risco de exposição crônica a micotoxinas com alimentação contaminada. Uma possível explicação da diferença dos resultados pode ser a diferença de contaminação por micotoxinas na alimentação das galinhas.

Umidade elevada, temperaturas mais quentes e um alto teor de água, são todos fatores que estimulam o crescimento de fungos e produção de micotoxinas. À medida que os nossos climas locais mudam e os eventos climáticos se tornam mais extremos, ficamos mais expostos ao risco  de contaminação por micotoxinas através dos nossos alimentos, tanto diretamente, através de culturas que consumimos, como através de bioacumulação nos produtos de origem animal. Regulamentação e aplicação rigorosas, através de testes analíticos das micotoxinas nos alimentos dos humanos e dos animais, é fundamental.

 

Descubra como os Padrões Dr. Ehrenstorfer  podem ajudar nos testes de micotoxinas. Clique Aqui!